ESTAMOS DISPONÍVEIS

TELEFONE

(+351) 211 582 197

EMAIL

info@placemaker.pt

RECURSOS
Utilidades

RECURSOS

Utilidades

Balneoterapia – Spa em Casa

Todos podemos fazer do banho de imersão, um mimo para o corpo e para a alma, um presente para nós próprios.

É possível fazer do banho de imersão, um verdadeiro ritual. Basta levarmos para a banheira os efeitos de uma espuma hidratante, de uns sais de banho purificantes ou de um óleo essencial relaxante e tonificante.


O banho com efeitos terapêuticos e fins estéticos é usado há centenas de anos em inúmeras culturas. A água quente potencia os princípios ativos das plantas e essa é uma sabedoria que vale a pena redescobrir.

A questão da temperatura é, de facto, importante. Os efeitos de um banho também dependem (e muito!) dela. A água fria (menos de 18º) tonifica os músculos e ajuda a acordar, de manhã. Por isso, na hora de ir para a cama, não ajuda nada. A água morna a quente (25º a 36º) promove a eliminação de toxinas. Apenas dez minutos de imersão, aliviam o cansaço e oferecem relaxamento.

A água quente (mais de 37º a 39º) dilata os poros e os vasos sanguíneos, promove uma melhor oxigenação das células e é excelente para descontrair e preparar uma boa noite de sono.

Mas lembre-se: ficar horas debaixo de água quente, por muito que apeteça, não é benéfico para a pele, 15 minutos é o tempo ideal para um banho de imersão. A água muito quente, em banhos prolongados, retira a camada de proteção natural da pele, sobretudo se associada a gel duche comuns. Pode também provocar manchas vermelhas nas peles mais sensíveis.

Alternar duches – de dois minutos (no máximo) – de água fria com água quente também tem o seu efeito tonificante e revigorante, além de que fortalece as defesas do organismo. Deve terminar-se sempre com a água fria.
 

Ambiente Cifial – Banheira Portofino