ESTAMOS DISPONÍVEIS

TELEFONE

(+351) 211 582 197

EMAIL

info@placemaker.pt

RECURSOS
Design Interiores

RECURSOS

Design Interiores

A importância da iluminação

A iluminação pode mudar ambiente de uma divisão, tal como altera a perceção da sua dimensão.

O posicionamento e o tipo de iluminação são aspetos importantes no design de interiores e em conjunto com seleções de cor, tamanho do quarto, disponibilidade de luz natural e seleção de móveis podem transformar uma divisão numa combinação perfeita de funcionalidade e estilo.
 

Funcionalidade

Um papel importante da iluminação no interior é a funcionalidade. A iluminação precisa servir uma finalidade, ou simplesmente desperdiça eletricidade. No que se refere à iluminação artificial, existem, naturalmente, vários tipos diferentes.
A iluminação funcional deve ser desde logo assegurada e dependendo do objetivo será direcionada ou abrangente, por exemplo a direcionada, pode ser extremamente eficaz quando usada para exibir pinturas ou para acentuar plantas ou objetos de arte, embora o ângulo da iluminação claramente precise estar certo para obter o melhor efeito. A iluminação de tarefas  é outro tipo de iluminação que deve ser centralizada em cada quarto de uma casa. Em salas de estar e estudos, por exemplo, ajuda a evitar a fadiga ocular durante a leitura ou o trabalho, enquanto na cozinha assegura que as tarefas podem ser realizadas com segurança.  Nas instalações sanitárias deve-se aplicar os dois tipos, central para os usos gerais e direcionada para auxiliar nas tarefas mais específicas como barbear ou aplicar make-up, por exemplo. Os lustres são usados não somente em foyers grandes, abertos, entradas e quartos por causa de sua colocação centrada mas também porque fornecem a iluminação excelente para o quarto. Luzes de parede adicionam comprimento e tamanho, visualmente, a um hall de entrada, bem como iluminam o caminho.
 

Cor e Intensidade

O uso de iluminação pode adicionar ou subtrair intensidade às cores gerais de um espaço. Cores mais escuras fazem um quarto parecer menor e apertado mas mais acolhedor, enquanto as paredes de cor clara fazem o oposto. A ilusão do espaço é definida pela luz refletida fora das superfícies das paredes. Alguns tipos de iluminação ajudam essa ilusão iluminando ainda mais as paredes. Além disso, iluminação direcional, pode suavizar as cores da parede. A iluminação encastrada tem uma intensidade menor, descendente, ilumina os pavimentos, não paredes, criando ambientes. Isto é oposto às luzes penduradas do centro da sala, que fornecem iluminação global. Em ambos os casos, isso pode afetar a aparência de uma seção colorida ou clara. Luzes macias e quentes (amarela) induzem uma sensação de calma e relaxamento. Luzes frias (brancas) um efeito vivo e revigorante.
 

Iluminação Direcional

A iluminação de uma sala fornece iluminação para a totalidade da sala, ou destaca elementos muito específicos. A iluminação em calha é o exemplo perfeito de iluminação posicional. Pendurado do teto, os pescoços ajustáveis e lâmpadas podem ser apontados em elementos específicos, como uma pintura de parede, o vaso de flores em uma mesa de entrada ou o topo da barra ou ilha de cozinha. Considere montá-los nas paredes, também. Os quadros especiais de imagem e espelho também têm iluminação embutida para realçar áreas específicas.
 

Um projeto de iluminação não é apenas definir onde as luzes são colocadas ou quão forte ou brilhantes são. Os acessórios de iluminação e as lâmpadas são um elemento do design global e, quando escolhidos para se encaixar perfeitamente com o estilo da sala, eles têm o potencial para dar vida ao espaço.
 

Imagem: Klus Design - Kozus

 

Topo